Secretaria de Missões da Igreja Assembleia de Deus Ministério no Ipiranga
 

Garibous e a exploração dos Marabous

 

A missionária Rosangela fez uma viagem até a cidade Bobo Dioulasso, que é a segunda maior cidade de Burkina Faso, com aproximadamente 600 mil habitantes. A cidade está às margens do rio Oue, e está situada na província Houet, no sudoeste de Burkina Faso, a 350 quilômetros de Ouagadougou. Lá os missionários Rejane e Mamamadou Kologo realizam os projetos "Garibous Esperança" na "Casa Refúgio".

Garibous são meninos que vivem a mendigar pelas ruas com latinhas em suas mãos, chacoalhando-as e pedindo esmolas. Os pais entregam um de seus filhos homens para a tutoria do Marabou, com a promessa de que eles serão bem cuidados, alfabetizados em árabe e terão uma formação corânica. Porém, essa não é a realidade encontrada entre as crianças ao passarem para a tutoria dos mestres corânicos.

Vivendo agora sob a tutoria dos Marabous, que é um muçulmano feiticeiro, líder religioso como o “pai de santo” no Brasil, essas crianças e jovens, com idade entre 5 e 17 anos, passam a enfrentar uma luta diária pela sobrevivência. Além de enfrentar longas jornadas de abusos e exploração em condições subumanas, sem acesso às necessidades básicas de sobrevivência, como moradia, alimentação e cuidados de saúde, são transformadas em verdadeiras escravas, conhecidas como Garibous, que no dialeto significa “mendigos”.

“É lamentável a situação deles, passam por maus tratos terríveis. Os pais muitas vezes sabem as condições em que vivem os filhos, porém devido à miséria em que vivem, são obrigados a deixá-los nessa situação”, diz a missionária.

Os projetos visam disponibilizar um ambiente (uma casa) para que esses meninos possam ter acesso e serem cuidados. Na medida do possível são alimentados, tomam banho, suas roupas são trocadas, recebem apoio médico e, também, ouvem sobre Jesus. Após este período na Casa de apoio, ficam livres para escolherem entre o abrigo e a rua. Muitos escolhem ficar, porém sofrem perseguição dos Marabuos. Os missionários que cuidam do projeto são muito carentes das orações da igreja. Não deixem de incluí-los nas vossas orações.

Reportagem/SEMADI

Fale Conosco

  • (11) 4524-4694 - FIXO
  • (11) 9 97502448 - VIVO
  • (11) 9 49747803 - TIM
  • (11) 9 89267908 - CLARO

 

Funcionamento de terça à sexta-feira
das 08h00 ás 17h00

Semadi na Rede

Informativo

Onde Estamos

Rua José Furlan, 45, Nosso Teto
CEP: 13251-661 | Brasil - Itatiba/SP

América, África, Europa, Oceania e Brasil

Vidas Salvas

 

CONTRIBUA COM A OBRA MISSIONÁRIA:
Igreja Assembleia de Deus no Ipiranga
Banco Bradesco
Ag. 119 | CC 110891-3